FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL!

Tudo sobre a Manutenção de Piso Intertravado

A manutenção do piso intertravado pode enfrentar várias dificuldades, especialmente em áreas sujeitas a tráfego intenso e condições climáticas adversas. Algumas das maiores dificuldades na manutenção do piso intertravado incluem:

  1. Tráfego intenso: Pisos intertravados em áreas com tráfego de veículos pesados, como estacionamentos comerciais ou rodoviários, podem sofrer desgaste significativo. A constante pressão e atrito dos veículos pode causar deslocamento, rachaduras e afundamentos, exigindo reparos frequentes.

  2. Infiltração de água: A água da chuva e a umidade do solo podem infiltrar-se nas juntas entre os blocos intertravados. Isso pode levar ao afundamento dos blocos, à erosão das camadas de base e à formação de poças, tornando a superfície escorregadia.

  3. Ervas nas juntas: As juntas entre os blocos intertravados podem ser propícias ao crescimento de ervas que afetam a estrutura. Isso não apenas compromete a estética, mas também pode danificar o piso, pois as raízes das plantas podem forçar os blocos a se deslocarem.

  4. Deslocamento dos blocos: A movimentação do solo devido a assentamentos, expansão e contração do solo, ou pressão de raízes de árvores próximas pode fazer com que os blocos entretravados se desloquem ou se inclinem, criando superfícies irregulares e perigosas.

  5. Manutenção do rejuntamento: O rejuntamento entre os blocos intertravados é crucial para a estabilidade do pavimento. A erosão ou o desgaste do rejuntamento podem resultar em blocos soltos e dessalinizados.

  6. Reações químicas e manchas: Substâncias químicas, como óleo, graxa, tintas ou produtos químicos industriais, podem manchar a superfície do piso intertravado e ser difíceis de remover.

  7. Manutenção de grandes áreas: A manutenção de grandes áreas de piso intertravado pode ser trabalhada e demorada, exigindo equipamentos adequados e recursos humanos suficientes.

A manutenção do piso intertravado é importante para garantir a durabilidade e a segurança desse tipo de pavimento, que é comumente utilizada em áreas externas, como calçadas, estacionamentos e praças. Aqui estão algumas diretrizes gerais para a manutenção do piso intertravado:

1 – Limpeza regular:

  • Varra a área regularmente para remover detritos como folhas, detritos e sujeira.
  • Use uma vassoura de cerdas duras ou um soprador de folhas para limpar a superfície.

 

2 – Lavagem periódica:

  • Faça uma limpeza mais profunda com água e detergente neutro.
  • Utilize uma mangueira de alta pressão ou uma lavadora de alta pressão para remover a sujeira acumulada.
  • Evite o uso de produtos químicos agressivos que possam danificar o piso.

 

3 – Reparo de juntas:

  • Verifique regularmente as juntas entre os blocos intertravados.
  • Se não houver deslocamento ou afundamento das peças, reajuste-as ou substitua-as conforme necessário.
  • Aplique areia fina ou pó de pedra nas juntas para garantir a estabilidade.

 

4 – Tratamento de manchas:

  • Manchas de óleo, graxa ou outras substâncias podem ocorrer. Limpe-o o mais rápido possível para evitar danos permanentes.
  • Use absorventes de óleo, como serragem, para absorver substâncias oleosas e, em seguida, lave uma área com água e detergente.

 

5 – Remoção de ervas:

  • Ervas aparentemente podem crescer nas juntas entre os blocos intertravados. Remova-as manualmente ou com o uso de um herbicida.

 

6 – Inspeções regulares:

  • Realize inspeções periódicas para identificar rachaduras, afundamentos ou problemas estruturais no piso.
  • Resolva os problemas imediatamente para evitar danos maiores.

 

 7 – Rejuntamento:

  • Em intervalos regulares, pode ser necessário refazer o rejuntamento das juntas com areia fina ou pó de pedra, especialmente se as juntas estiverem desgastadas.

 

Lembre-se de que a manutenção preventiva é essencial para prolongar a vida útil do piso intertravado e manter sua aparência estética. A frequência das tarefas de manutenção dependerá do tráfego e das condições climáticas da área em questão. Se o piso intertravado estiver numa área com tráfego pesado, como estacionamentos, a manutenção pode ser mais frequente. Portanto, é importante estabelecer um programa de manutenção regular para garantir que o piso permaneça em boas condições.

Acesso Rápido